Segunda-feira, 26 de Novembro de 2007

FIM DE SEMANA PARA DESCANSO ...

 Já há 8 meses que não tinha um diazinho de folga...resolvi tirar 3 dias para descansar, mas tinha que ir para fora, porque se não poderia haver chamadas e lá teria eu que trabalhar. Um fim de semana no Minho, em turismo de habitação...contacto com a natureza...dormir...não fazer nenhum..parecia-me bem, muito bem.Eu e o meu gajo!
Parti na sexta de manha, mas acreditem que na quinta ja me tinha chateado com a viagem.Chego ás nove a casa(cheguei cedo!) e depois de jantar preparava-me para me esticar no sofá, quando o Miguel me começa a irritar de tal forma..começou a fazer a mala! Mas para quê, seriam 2 dias,mas porquê tanta pressa?Queria manter a calma, mas a organização que sou incapaz e por isso desprezo estava-me  a colocar num estado potencialmente perigosa e por isso resolvi me deitar rapidamente, ainda me disse : " Ás 10 e meia quero arrancar!".Descanso, sem stress?Bom, claro está que no dia seguinte conseguir estar pronta antes dele, tenho que me gabar, sou prática!Nunca consegui fazer as malas com antecedência, e raramente me esqueço de alguma coisa importante.Quando fui para o Brazil tinha que sair ás 2 de casa e só fiz as malas ao meio-dia e porque a minha mãe não parava de me chatear!
Ao meio dia arrancámos rumo ao Minho.A casinha onde ficámos pertence á família aristocrata Pinto Osório, que vive no seu casarão super antigo, daqueles com brasão e tudo.Confesso que a casa onde ficámos era acolhedora, quente,e o espaço envolvente espectacular, mas só de pensar que naquele lugar tinham vivido gerações e gerações e mesmo no jardim estava alguém sepultado...me inquietou.Depois em vez de uma cama havia duas, coisas da monarquia..e os colchões eram tão ruins que deviam ter tantos anos como todas as gerações que passaram no casarão!Ah e para juntar á festa o Miguel apanhou uma intoxicação alimentar logo na primeira noite...aquilo é que foi descarregar, rolos e rolos de papel e uma ida para as urgências para Arcos de Valdevez á 4 da matina.Aliás consideram que foi um atentado gastronómico neste fim de semana. acho que errámos em todos os restaurantes, qualidade e preço, se me faço entender!
Mas o que fica são as paisagens deslumbrantes que vi, Ponte Lima, Arcos de Valdevez, a Serra da Peneda, Lindoso, Porta do Homem, Gerês, Valença, Vila Nova de Cerveira, Caminha, Viana...Lindo.Concordo plenamente com Jaime Cortesão quando dizia "Não deve haver mais nenhum lugar onde a natureza moldasse o homem e o homem moldasse a natureza de forma tão extraordinária como no minho." Os locais respiram história, sabedoria,religião que se mistura com o pagão, os povos...e a natureza, as cascatas, os serranos, a flora e fauna tão diferente e única...termino com a certeza que vou voltar!
sinto-me: Tranquila
publicado por rendez-vous às 17:28
link | comentar | favorito

É Feliz?

Quem me conhece sabe do meu "patriotismo" ançanense e hoje queria tentar explicar o porquê.Eu própria também não sei, mas a minha própria educação sempre o condicionou, como de uma bandeira política se tratasse.Desde pequena que aprendi a identificar-me como Ançanese, como adepta do Ferryaço, filha de uma terra de enorme patriónio histórico. Aprendi a  não gostar de Cantanhede, apenas porque Dona Maria há muitos e muitos anos resolveu retirar de Ançã a sede do concelho e passar para a actualmente conhecida terra do ouro, da pedra e do mar, salvo erro, ou seja, Cantanhede.Ora Cantanhede não tem pedra, nem mar, quanto mais ouro...enfim, mas não deixa de ser uma cidadezinha pacata, onde não se passa nada e em que é possível comprar imóveis mais baratos que em Ançã...porque será?Mas tenho que admitir que tem qualidade de vida!
Ançã tem o bolo de Ançã, tem a pedra que se encontra em obras imponentes  de Portugal e mesmo França ( numa catedral que agora não me lembro o nome), tem uma fonte linda com um caudal de 60240 L por minuto, tem incríveis vestígios da ocupação romana, tem a paisagem que me orgulho, ainda ontem vi uma ave linda, parecia uma garsa a levantar voo depois de beber numa das ribeiras de Ançã. Adoro correr ao fim do dia, ver o pôr do sol, o silêncio apenas interrumpido pelo passear  incessante da água dos ribeiros. Fico completamente anestesiada...chego a ter lágrimas nos olhos, sinto-me a transbordar de felicidade.Basta-me, basta-me estes 20 minutos para me dar força para seguir, seguir numa vida de pressõe sociais, uma vida em que corpos vagueiam para traz e para a frente, em busca de bens materiais, conforto, facilidades. Sou uma apologista de Rosseau, quero fundir-me com o rural, com a natureza, com o bruto das coisas. Detesto correrias, coisas sem essência, detesto o trânsito, detesto a cultura capitalista.Tenho que respeitar, esforço-me para entender, mas não consigo deixar de ter pena, pena pela alienação, pela incapacidade de viver as pequenas coisas. Conheço França, Espanha, América, Brasil, conheço sítios lindíssimos, mas gosto de voltar á minha pátria, á minha terra, á minha Ançã.
Quero correr, quero brincar com os bichos que passam no meu quintal, ás vezes não quero fazer nada...quero estar com os meus!
sinto-me: Agradecida
música: " Ó linda terra "
publicado por rendez-vous às 16:30
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 15 de Novembro de 2007

UM DIA ...

Porque será que é mais difícil escrever  coisas alegres ? É que neste blog só escrevo sobre inquietações..na verdade nos outros dias, é porque a coisa ta a correr bem para perder tempo a teclar numa máquina que não me diz nada!Hoje estou mais uma vez chateada...este meu marasmo, os dias sempre iguais...eu explico, esta semana não vieram praticamente clientes á clínica e para compensar chegou uma conta de 700 euros de iva para pagar, e ontem tive que eutanasiar um animal porque não havia dinheiro para mais....estas pessoas preferem comprar umas botas caras do que empregar 150 euros numa cirurgia que podia salvar o seu animal de estimação...é de eu ficar á beira de um ataque de nervos.A cadela só estava em trabalho de parto há 3 dias...caramba! E conseguem dormir! "Ó Dra. mais vale aliviar o sofrimento...150 euros é muito"!...E se ela morre na cirurgia...gasta-se o dinheiro....!" E se eu tivesse barbas era o pai natal...porra...não somos deus, não podemos garantir a 100%, ainda mais quando donos irresponsáveis deixam estar uma pobre cadela 3 dias a sofrer.Bomm..é por isso que estou entediada...que me apetece partir para bem longe!
Mas hoje ainda me ri...com a chatice dos outros.Um senhor que se sentou mesmo colado ao vidro do consultório a falar ao telemóvel ( não conseguem ver que estou cá dentro..lol)...a falar como quem diz, ele gritava, indignadíssimo, com uma tal Mariza, que pela conversa era a sua cara metade e que estava farto dele, o pobre ia repetindo incrédulo o que ela lhe gritava do outro lado...estava enjoada dele...e blá blá blá.Depois de quase 30 minutos nisto, desliga..e telefona para a Anabela...mas o rapaz teve azar...ela estava do lado da Mariza...
Outro acontecimento chato foi uma senhora me ter ligado para ir ver uma ovelha que estava em trabalho de parto há uma semana e que agora tinha um pedaço de carne a sair da vagina...lol. Entrei em panico...não podia ser...de certeza que não está para parir mas tem prolapso vaginal...e como não param as contracções tinha que fazer uma epidural  e enfiar a vagina lá para dentro...e o fio grosso..no cu..não tinha! Tive que referenciar para um colega...mas já telefenei para um colega e nos dias livres vou estagiar em animais de pecuaria...ó larilas.
E neste preciso momento tenho um caniche armado em parvo a tentar destruir  a jaulo do internamento..mau maria que me arrenego!E para terminar...deixaram-me agora uma pomba...para tratar gratuitamente e largá-la em liberdade! É altruismo..confiar a boa acção para outro pobre....
música: circo de feras
sinto-me: mal
publicado por rendez-vous às 17:50
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 7 de Novembro de 2007

Injustiça

Que o mundo é feito de coisas erradas já todos sabemos, e temos mesmo de aceitar ! Mas custa! Há coisa de um mês, aconteceu algo que me transtornou muito, a morte de uma jovem!Chamava-se Marta, tinha talvez 32 anos e era mãe de um menino de 3.Não , não era chegada a ela, não fazia parte do meu circulo de amigos, conhecia de vista, e recordo as vezes que a via, sempre cheia de vida, parece que que gritava ao mundo " Estou aqui!".No funeral dela, ouvi alguém dizer " Ela era um furacão de mulher!". Não foi capaz de vencer o cancro nos pulmões, que a matou em 3 meses.Ouvi dizer que tinha encarado a doença com força e com a convicção que iria vencer, lutou, mas não conseguiu.Há coisas muito estranhas, talvez coincidências, mas o certo é que na semana em que iria morrer, não me saía da cabeça esta rapariga. Sonhava com ela, aparecia nos meus pensamentos vezes sem conta...juro que cheguei a temer estar a presentir a sua morte, e pedi a Deus para não o ser. Cheguei a comentar com o Miguel estes pensamentos, e até com a minha esteticista comentei.Passados dias ela morre.Senti uma tristeza enorme, andei semanas abalada, era injusto.E no funeral só pensava nisso, senti uma necessidade de agarrar a minha vida com unhas e dentes, de aproveitar a vida, de viajar. Se morresse naquele dia, nao teria vivido ainda.Hoje, voltou como em tantos outros dias a pensar nela após ver uns arrumadores de carros . Caramba tanta gente a lutar para viver e outros deixam de existir, são autênticos farrapos humanos, é um exemplo de degradação do Homem. Talvez seja um pensamento egoísta, mas agora ando assim! Há dias que eu própria desperdiço o dia. Temos que lutar, temos que aproveitar !Por nós , pela Marta, por tantos que nos abandonam. Chega de ligar a futilidades.
música: Muda de vida
sinto-me: calma
publicado por rendez-vous às 18:05
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007

QUE RICO FERIADO!

Caramba...anda uma pessoa a ansiar por um dia de folga..., e é isto!

Ontem,já perto da hora de encerrar o estaminé entra um paciente que teve que ficar internado!Nada melhor, o meu dia de feriado teria que ser recheado com pelo menos 3 visitas de controlo, a este nosso amigo...ou seja a cerca de 60 km de casa.E o que ele tem? Pouca coisa, uma gastroenterite hemorrágica, daquelas de vomitar e ter diarreia de esguicho, uma pneumonia , daquelas de ter ranho a pingar e Tinha contagiosa!Até me deu vontade de rir ontem!Mas porque eu mereço, telefona-me agora a dona do gato Merlin, uma fera tinhosa que ninguém consegue agarrar sem ser violentamente arranhado até se ver sangue a jorrar!"Ó doutora tem que vir a casa que eu não consigo agarrá-lo". E eu...francamente! Está o gajo com a uretra cheia de cálculos que não o deixam urinar, uma situação grave,e mesmo assim...nem sei o que lhe hei-de chamar!Tenho que o anestesiar..mas para isso tenho que lhe dar uma injecção no músculo, meu Deus! E a senhora ainda disse:" Se não der...abate-se!", pois mas para abater tenho que lhe dar uma droga na veia da patinha da frente...eu bem parecia que devia ter ido para carteira, limitava-me a pôr as cartinhas nas caixas, trabalho ao ar livre...

E para terminar, estou de babysitter de 3 cães, 2 cardíacos,um deles tão gordo e velho que nem consegue andar das patas de trás, além de tomar diurético, que o faz urinar...e urinar...e urinar...e urinar..Está um dia lindo!


sinto-me: dinamite
música: Deixa-me rir
publicado por rendez-vous às 12:19
link | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
27
28
29
30


.posts recentes

. FIM DE SEMANA PARA DESCAN...

. É Feliz?

. UM DIA ...

. Injustiça

. QUE RICO FERIADO!

. TUDO SE RESUMO A KILOS!

. Há coisas que me irritam ...

. Inércia ?

.arquivos

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub